Guilherme Paulus conquista título de empreendedor do ano e é exemplo no setor de serviços

O ano de 2017 foi um ano marcante para o empresário Guilherme Paulus, eleito o “Empreendedor do Ano” na categoria de serviços, decorrente do excelente trabalho realizado no segmento turístico brasileiro, a receber no mês de dezembro de 2017 o prêmio da revista IstoÉ, na cidade de São Paulo. E tudo começou quando Paulus transformou a CVC, fundada em 1972, numa das maiores operadoras de turismo da América Latina, com capital aberto e comandada por executivos de mercado. A CVC está presente em mais de 400 shoppings espalhados pelo país, além de 140 hipermercados e galerias comerciais.

O maior destaque deste sucesso é o espírito empreendedor de Guilherme Paulus, que atua também em outras áreas. O empresário comprou a companhia aérea Webjet, em 2006, participando do setor de aviação e tornando a referida companhia na terceira maior do Brasil, com operação em mais de 20 cidades brasileiras. No entanto, vendeu a Webjet para a GOL em 2011, por R$ 70 milhões de reais. Além disso, Paulus adquiriu a B2W Viagens, da Submarino Viagens, a Rextur Advance, a Trend, a Visual Turismo e o Experimento Intercâmbio, numa transação total de quase R$ 1 bilhão de reais. Dessa forma, o empresário consegue movimentar cerca de R$ 10 bilhões de reais por ano e transportar mais de 9 milhões de pessoas.

Atualmente, o renomado empresário tem se dedicado a GJP Hotels & Resorts, a funcionar desde 2005, sendo considerada uma das maiores redes de hotelaria do país, com 20 unidades e mais de 2 mil colaboradores, atendendo mais de 92 mil clientes durante toda sua operação. E os investimentos não param por aí. Guilherme Paulus irá lançar um novo hotel luxuoso no coração do Brasil, São Paulo, local que funcionava a antiga agência de publicidade DPZ, na avenida Cidade Jardim. A previsão é entregar o estabelecimento até 2021, com 65 apartamentos, rooftop, área de eventos e restaurante. O grupo GJP é referência em hotéis luxuosos, destacando-se os da Serra Gaúcha (Saint Andrews Gramado e Wish Serrano Resort). Outras bandeiras trabalhadas pelo grupo são a Prodigy (4 estrelas) e a Linx (3 estrelas).

Nos 35 anos da Fundação 25 de Janeiro, comemorado no segundo semestre de 2018, Guilherme Paulus manifestou em carta aberta a importância da citada fundação, que tem domínio das marcas VISITE SÃO PAULO e São Paulo Convention & Visitors Bureau. Para o empresário, comemorar 35 anos é um marco para o turismo brasileiro, bem como para setores de eventos e viagens. Paulus ressalta a relevante participação dos mais de 700 associados, que são os grandes responsáveis pela movimentação dos diversos segmentos de toda a cadeia produtiva, além de atrair cada vez mais visitantes para o destino almejado.

Por fim, Guilherme Paulus reafirma a necessidade de aprimorar a economia e incentivar novas oportunidades de negócios, por meio de programas de marketing, conteúdo e feiras de trades. Vale frisar que o empresário já investiu mais de R$ 600 milhões de reais na GJP Hotels & Resorts, tornando-se, assim, o maior exemplo de trajetória bem sucedida neste segmento, sempre apostando no turismo e no hábito dos brasileiros de viajarem pelo Brasil, mesmo em tempos de crise econômica.

O empresário Guilherme Paulus pretende inaugurar mais um hotel de luxo

O empresário Guilherme Paulus, fundador da companhia de viagens CVC, dono da GJP Construtora e Incorporadora e da GJP Hotels & Resorts, continuará investindo na hotelaria. Desta vez, Guilherme Paulus, um dos mais fortes nomes do Turismo brasileiro, escolheu a avenida Cidade Jardim, em São Paulo, exatamente onde ficava localizado a agência de publicidade DPZ, para executar seu mais novo projeto. O projeto, que tem a pretensão de estar pronto entre 2020 e 2021, é de construir um hotel luxuoso com 65 apartamentos, restaurante e espaço para eventos e lazer.

Guilherme Paulus que também é responsável pelo conselho de diretores do grupo GJP Participações – que atualmente possui duas empresas em seu domínio, GJP Hotels & Resorts e GJP Construtora e Incorporadora – tem a intenção com esse novo projeto de criar mais uma marca para o grupo, porém, não há informações de qual bandeira será utilizado para a propriedade.

Em 2005, no ano em que a GJP Hotels & Resorts foi fundada, iniciou suas atividades com apenas um estabelecimento, mas atualmente, podemos encontrar quatorze hotéis e resorts espalhados por todo o Brasil e tornou-se uma das maiores redes hoteleiras nacionais. A segunda empresa do grupo, GJP Construtora e Incorporadora, dedica-se à construção de condomínios para residências com padrão elevado e localizado em grande movimentação turística.

Também foi Guilherme Paulus quem fundou a empresa de turismo CVC, no ano de 1972. Inicialmente era uma agência pequena localizada em Santo André/SP, mas atualmente, com a fundamental contribuição de Paulus, a empresa se tornou a maior agência de viagens da América Latina, além de ser a maior rede de turismos do Brasil.

Em 2009, quando Paulus decidiu vender a CVC ao Carlyle Group, o resultado foi o crescimento a um nível ainda mais elevado. A companhia que ganhara um novo dono passou a contar com Paulus exercendo a função de presidente do Conselho de Administração. No atual momento, a CVC está presente em muitos municípios do Brasil. O resultado é um faturamento médio anual de alto valor.

Na área da aviação, Guilherme Paulus também se destacou quando comprou a companhia aérea Webjet, em 2006, que havia apenas uma aeronave, mas, em apenas 5 anos a transformou na terceira maior empresa do Brasil da linha aérea, com vinte aeronaves em sua frota está atuante em mais de vinte municípios brasileiros. Depois realizou um das maiores negociações da aviação do Brasil vendendo a companhia para a empresa Gol.

Em se tratando de responsabilidade social, Paulus a torna presente em seu empreendedorismo. A CVC, por exemplo, apóia o projeto PIET (Programa Integrado de Educação Turística), da cidade de Foz do Iguaçu/PR. O PIET tem como objetivo aproximar a comunidade do turismo e formar jovens para atuar na área. Também é patrocinado por sua companhia o projeto de Alfabetização Solidária – Alfasol, que ajudam os jovens interessados a imergirem no turismo, também é patrocinada por sua companhia.

Seu trabalho como empreendedor o rendeu premiações dos governos internacionais. Foi homenageado, em 2012, pelo governo francês, por ter contribuído com o desenvolvimento do turismo na França. Além de ter reconhecimento no México, Venezuela, Estados Unidos e Argentina.