Negócios de pequeno porte voltam a elevar faturamento em São Paulo

Após apresentar faturamento no vermelho por dois meses consecutivos, de acordo com levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae-SP, o montante da receita alcançada em agosto pelos negócios das Micro e Pequenas Empresas – MPEs foi de R$65,3bilhões, o equivalente a 6,3% de acréscimo em relação ao mesmo período de 2017.

De julho para agosto a elevação registrada foi de 5,5%. O avanço mais expressivo foi o da indústria que atingiu 14,3%. Já comércio e serviços apresentaram índices de crescimento mais baixos, de 5,2% e 3,5%, respectivamente.

Nos meses que antecederam esta alta, os negócios de pequeno porte localizados na capital paulista apresentaram recuo de 3,4% em julho e 0,5% em junho se comparados ao ano anterior.

Outro dado relevante usado para mensurar o crescimento mensal foi a elevação no número de trabalhadores. A pesquisa de Indicadores apontou um aumento de 2,5%, em relação a 2017, taxa esta que representa o aumento aproximado de 195 mil pessoas.

Alguns motivos levados em conta para o melhor desempenho apresentado pelas MPEs em agosto foram os dois dias úteis a mais no calendário em relação ao mês anterior e, possivelmente, a liberação do PIS e Pasep para saques, dinheiro este que pode ter sido revertido ao consumo.

Segundo o relatório do Sebrae, tanto a greve dos caminhoneiros e a Copa do Mundo podem ser considerados fatores que exerceram bastante influencia quanto ao fraco desempenho dos meses anteriores, uma vez que o giro de mercadorias e o fluxo de pessoas diminuíram em determinadas ocasiões.

Ainda com base na mesma pesquisa Indicadores feita com apoio da Fundação Seade, depois de mais de um ano de lucro, os Microempreendedores Individuais – MEIs apresentaram queda no faturamento de agosto. Em comparação com agosto de 2017, o lucro médio teve uma baixa de 0,6%, resultando na receita total de R$4,4bilhões, cerca de R$27,1milhões abaixo do mesmo período do ano anterior.

Para a elaboração das informações registradas no relatório fornecido pela instituição participaram do levantamento mil MEIs e 1,7mil empresários MPEs com negócios no Estado de São Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *